en

Caldeirinhas

Também designada de Caldeira do Inferno é formada por duas crateras vulcânicas unidas e inundadas pelo mar formando um oito. É a acolhedora maternidade de espécies da fauna marinha, como por exemplo, salemas (Sarpa salpa) e bodião-vermelho (Labrus bergylta). Local de elevado interesse biológico da flora endémica dos Açores como a urze (Erica azorica), ou a nativa faia-da-terra (Morella faya).